segunda-feira, 18 de janeiro de 2021

Assú: obscurantismo continua sendo regra para o legislativo municipal

 



Sabidamente se sabe que o legislativo do Assú num é muito afeito a fiscalizar, legislar... essas cocitas desnecessárias que fazem, 'inoportunamente', parte das atribuições do legislativo. Paradoxal?

E nessa onda paradoxal, o presidente da Câmara de hoje, é o mesmo de dois anos atrás... mas seus companheiros de bancada, em sua maioria, não são os mesmos. Alguns ficaram pelos caminhos pedregosos da política, no entanto, num saudosismo bucólico, bonito de se apreciar, continuam a figurar no site da Câmara.

Beeemmmm... fatos atuais, tipo... amanhã tem sessão? qual o horário da sessão? qual a pauta? isso num tem lá no site não. 

Mas...., no picadeiro do legislativo assuense, amenhã terá sessão para leitura de PLs do executivo, os quais criam cargos, mudam estrutura organizacional... mas nada disso é publicizado. Tipo, o picadeiro terá espetáculo, mas os palhaços (povo), não precisam participar e nem tomar ciência do espetáculo.

Será que nossos nobres edis estão confundindo palhaços com bobos da corte?

Assú: PL com plágio e outras presepadas, é enviado a Câmara



Assim que nem que começando uma gestão pela primeira vez, tipo... debutando, eis que o prefeito constitucional do Assú envia para Câmara o PL  001/2021, mudando a estrutura organizacional, estrutural, sei lá o que mais, da PMA.

Gente, tudo lindo... mas o prefeito constitucional Gustavo Soares não é marinheiro de primeira viagem. 

Maaasss, o prefeito de fato, parece que é ou está a querer acender fogo amigo, logo no comecinho da segunda gestão. 

Bora concordar, isso num chega a ser algo inesperado, né mermo?

Beeeemmmm... num é que plagiaram o Projeto de Lei lá de Pederneiras e... esqueceram inté de apagar o nome da cidade e, como presepada pouca é besteira, ainda fizeram confusão em relação as nomenclaturas das secretarias a serem criadas pelo PL montado por eles mesmo, atribuíram funções de umas a outras... um festival grotesco de esquesitices e assim conseguiram sem muitas dificuldades, ultrapassar o limiar, não tênue, que separa incompetência de amadorismo.

E pra completar o cenário de horror e 'amadorismo',  aniquilaram o formalismo, item tão necessário e indispensável num documento dessa natureza.

Jesus!

O que danado custava ter deletado o nome da cidade plagiada? Affff.. era só fazer menção ao final, tipo... agradecimento, né mermo?

Saravá!!

Lançamento Prefeito perseguidor Élio dos teclados

AUSÊNCIA: Gustavo e Fabielle veraneiam enquanto pessoas aglomeram sem regras em quiosque em Assú

 Enquanto o prefeito Gustavo Soares toma chá de doril e desaparece, a vice prefeita Fabielle repete o mesmo comportamento, seguindo o fluxo veraneia no litoral sul da capital, e só dá expediente dois dias na semana (quarta e quinta). Com o comportamento do prefeito e vice, a população do Assú sofre com a negligência e falta de sensibilidade do poder público com a nova onda do Covid que aterroriza famílias em todo o mundo....

Calendário: TSE define datas para a realização de eleições suplementares em 2021


Imagem: Ilustração
O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) definiu as datas para a realização das eleições suplementares em 2021.
Esses pleitos acontecerão para suprir os cargos de prefeitos e vice-prefeitos municipais que ficarem vagos em decorrência do indeferimento definitivo, pela Justiça Eleitoral, do registro dos candidatos mais votados nas Eleições Municipais de 2020.
A Portaria nº 875/2020 do órgão estabeleceu 10 datas, ao longo dos meses de março a dezembro de 2021, nas quais os Tribunais Regionais Eleitorais (TREs) poderão marcar eleições suplementares, conforme a situação jurídica dos candidatos mais votados no ano passado nas localidades sob a sua jurisdição.
Após o julgamento dos recursos pelo TSE, cabe a cada TRE definir, entre as datas fixadas na Portaria, quando ocorrerão as eleições suplementares.
Essa escolha é feita de acordo com a capacidade logística das Cortes Eleitorais e os prazos do processo eleitoral.
Assim, são datas possíveis para a realização de eleições suplementares em 2021: 07 de março, 11 de abril, 02 de maio, 13 de junho, 04 de julho, 1º de agosto, 12 de setembro, 03 de outubro, 07 de novembro e 05 de dezembro.
Segundo informação exibida através do portal virtual do TSE, “a realização dos pleitos nessas datas preestabelecidas surge por questões logísticas e pela necessidade de que os sistemas dos TREs e do TSE estejam operantes e alinhados para captação, apuração, transmissão e totalização dos votos em cada localidade”.

Senador promove festa com aglomeração em meio a fase grave da pandemia em Roraima

 15jan2021 senador roraimente telmario mota pros provoca aglomeracao ao realizar evento em rorainopolis rr Senador promove festa com aglomeração em meio a fase grave da pandemia em Roraima

O senador Telmário Mota (Pros) promoveu uma festa com aglomeração na noite dessa sexta-feira (15) na Praça do Grêmio, no Centro de Rorainópolis, ao sul de Roraima. O evento ocorreu após a Secretaria Estadual da Saúde anunciar que Roraima vive a fase grave da pandemia. O município está próximo à divisa com o Amazonas, onde houve um aumento de casos da Covid-19 e a rede hospitalar entrou em colapso. As informações são do portal G1.

Imagens feitas por uma emissora de TV local registraram o senador no palco sem o uso de máscara e sem respeitar nenhuma regra de distanciamento social. Tanto a prefeitura do município de Rorainópolis quanto Telmário Mota foram procurados, mas não se pronunciaram sobre o ocorrido.

O evento ocorreu com sorteio de brindes à população. Foram distribuídas numerações às pessoas para que pudessem concorrer aos prêmios. Em um panfleto de divulgação da festa, Telmário trata o evento como uma “prestação de contas do senador”.

A Polícia Militar (PM) disse que entre 1,5 mil e 2 mil pessoas estiveram no local, mas não foi oficializado nenhum pedido para que os agentes realizassem policiamento no local.

Ex-ministro do STJ Hamilton Carvalhido morre após complicações da Covid-19

 Mirelle1 1 600x400 1 Ex-ministro do STJ Hamilton Carvalhido morre após complicações da Covid-19

O ministro aposentado do Superior Tribunal de Justiça (STJ) Hamilton Carvalhido faleceu na madrugada deste domingo (17), em São Paulo. O ex-ministro, de 79 anos, foi diagnosticado com Covid-19 e não resistiu às complicações da doença. O sepultamento do magistrado será realizado em Brasília, sendo reservado aos familiares, seguindo o​s protocolos para se evitar a disseminação da Covid-19.

Hamilton Carvalhido deixa a esposa Eunice Pereira Amorim Carvalhido, procuradora de Justiça do DF entre 2010 e 2012, os filhos João Hamilton de Medeiros Carvalhido, Juliana Amorim de Souza, Carolina Amorim de Souza e Deborah Amorim de Souza, e genro.

“Uma perda irreparável para a magistratura, para o Ministério Público e para o mundo jurídico. De luto, o Superior Tribunal de Justiça. Um grande amigo e um grande mestre do mundo jurídico. Em todos os cargos que ocupou, além das funções administrativas, o ministro Hamilton Carvalhido deixou suas marcas registradas de profissional competente e dedicado, sempre comprometido com a aplicação do melhor direito. O seu legado permanece”, ressaltou o ministro Humberto Martins, presidente do STJ, em nome da Corte.

Quase 5 mil candidatos com sintomas respiratórios pediram reaplicação do Enem

 62f39178 5d36 4289 8702 29e0bb369635 Quase 5 mil candidatos com sintomas respiratórios pediram reaplicação do Enem

Foto: Giuliano Gomes/PR Press

Mais de 5 mil candidatos inscritos no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) já pediram reaplicação da prova por apresentarem sintomas de doenças respiratórias, segundo afirmou o ministro da Educação, Milton Ribeiro, neste domingo (17).

“Foram quase 5 mil alunos que fizeram esse pedido com essa alegação de estarem doentes”, afirmou o ministro.

O primeiro dia de exame acontece neste domingo (17) para mais de 5,5 milhões de candidatos confirmados em todo o país. De acordo com o Inep, órgão responsável pelo exame, a prova será reaplicada para os candidatos que não puderam fazer o exame nos dias 23 e 24 de fevereiro.

Brasil registra 551 óbitos e 33 mil casos por COVID nas últimas 24h

 covid 19 Brasil registra 551 óbitos e 33 mil casos por COVID nas últimas 24h

O Ministério da Saúde divulgou os dados mais recentes sobre o coronavírus no Brasil neste domingo (17):

– O país registrou 551 óbitos nas últimas 24h, totalizando 209.847 mortes;

– Foram 33.040 novos casos de coronavírus registrados, no total 8.488.099 pessoas já foram infectadas.

– O número total de recuperados do coronavírus é 7.411.654, com o registro de mais 22.870 pacientes curados. Outros 866.598 pacientes estão em acompanhamento.

Em recado a Doria, Pazuello diz que não começa a vacinar com ‘jogada de marketing’



Foto: Mauro Pimentel/AFP

Em pronunciamento após autorização pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) do uso emergencial de duas vacinas contra a covid-19 no Brasil, o ministro da Saúde, general Eduardo Pazuello, disse ter em mãos os imunizantes, mas afirmou que não iria começar a aplicação de doses neste domingo, 17, em um “ato simbólico ou um ato de marketing”. Ao mesmo tempo, o governador João Doria (PSDB) fez evento em que houve a vacinação da primeira pessoa no Brasil com a Coronavac, desenvolvida pelo Instituto Butantã e o laboratório chinês Sinovac.

“O Ministério da Saúde tem em mãos, neste instante, as vacinas tanto do Butantã quanto da AstraZeneca. Nós poderíamos, num ato simbólico ou numa jogada de marketing, iniciar a primeira dose em uma pessoa. Mas em respeito a todos os governadores, prefeitos e todos os brasileiros, o Ministério da Saúde não fará isso. Não faremos uma jogada de marketing”, afirmou. Segundo ele, o governo federal determinou que a vacinação contra a covid-19 seja executada pela pasta e argumentou que não poderia ser desprezada a igualdade entre todos os Estados e todos os brasileiros.

Pazuello ainda conclamou os governadores a não permitir movimentos político-eleitoreiros relacionados à vacinação. Segundo ele, foi “dado o primeiro passo para o início da maior campanha de vacinação do mundo” e a distribuição da vacina será iniciada nesta segunda, a partir das sete horas, para todos os Estados.

Estadão Conteúdo

Hospital Giselda Trigueiro receberá 5 pacientes de Manaus

Foto: Quézia Oliveira/Inter TV Cabugi

O Estado do Amazonas solicitou, nesta tarde (17), o acolhimento de mais cinco pacientes provenientes de Manaus (AM). Eles serão transferidos para o Hospital Giselda Trigueiro. Além deles, outros dez pacientes irão para o Hospital Universitário Onofre Lopes (HUOL). Desta forma, o RN agora receberá ao todo 15 pacientes transferidos da capital do Amazonas.

A previsão é que eles cheguem na noite deste domingo (17). A transferência teve início às 17h e foi possível através da parceria do Ministério da Saúde, Forças Armadas e Governo do Amazonas com o apoio do Governo do Rio Grande do Norte.

Ao governo do estado coube o apoio logístico de ambulâncias, reposição de oxigênio da aeronave para o seu retorno, além de hospedagem dos profissionais e insumos e medicamentos ao Hospital Universitário Onofre Lopes (HUOL), além da garantia dos cinco leitos no Hospital Giselda Trigueiro.

Na manhã deste sábado (16), a equipe técnica da Sesap reuniu-se com o núcleo de dirigentes da Sesap, direção do HUOL e representante do Ministério da Saúde para alinhar as estratégias que garantirão a melhor forma de recepção e acolhimento.

Pazuello convida governadores para ‘ato simbólico’ de recebimento das vacinas na segunda-feira

 O Ministério da Saúde convidou os governadores para participar do “ato simbólico de recebimento das vacinas” na manhã desta segunda-feira, 18.

O evento acontecerá no galpão em Guarulhos (SP), às 7h, de onde partirão para os Estados os imunizantes da Coronavac.

Já estão confirmados Flávio Dino (PCdoB-MA), Eduardo Leite (PSDB-RS), Fátima Bezerra (PT-RN), Romeu Zema (Novo-MG) e Helder Barbalho (MDB-PA).

O critério de distribuição das doses será a proporção da população de cada Estado. Cada Estado deve receber o equivalente a 2,5% da população.

Os próprios ministros da Saúde, Eduardo Pazuello, e da Secretaria de Governo, Luiz Eduardo Ramos, dispararam os convites e ligações.

Estadão Conteúdo

domingo, 17 de janeiro de 2021

aumento de gastos e ferindo a LC 173/20 A lambança com o dinheiro público na cidade do Assú,

 A lambança com o dinheiro público na cidade do Assú, promovida pelo prefeito Gustavo Soares e a vice Fabielle Bezerra, estão aumentando e chega a assustar, pois agora, eles querem criar 36 cargos que serão votados na próxima semana pela Câmara Municipal, com isso, aumentam os custos e endividam ainda mais o município. Os cargos que antes bastavam para a administração municipal agora já não são suficientes, porque depois da eleição em que o prefeito foi reeleito, parece que os compromissos aumentaram, e pra tentar sanar a insatisfação dos aliados, a chapa "pé podre e bota velha", vai obrigar sua base aliada a votar no projeto que vai aumentar os gastos da Prefeitura do Assú....

“Nem que a vaca tussa”

 bonas caricatura 3 "Nem que a vaca tussa"

Baleia Rossi pediu para Fátima Bezerra tentar convencer a deputada federal Natália Bonavides a votar no seu nome para Presidência da Câmara.

Radical extremista a deputada garantiu que não vota em Baleia nem que a “vaca tussa”

Das 2.484 pessoas que testaram positivo para Covid-19 em Assú 2.305 estão curadas

Desde o final de março de 2020 até este último dia 14 de janeiro, 2.484 pessoas testaram positivo para Covid-19 em Assú. Deste total, 2.305 já estão recuperadas. Atualmente e de forma oficial, a quantidade de casos ativos da doença no município é de 93. A constatação é baseada no Boletim Epidemiológico divulgado nesta quinta-feira, pela Secretaria Municipal de Saúde no site (https://assu.transparenciacovid.com.br/).  

Ainda do total de casos confirmados, 83 resultaram em óbito; e 03 pacientes estão internados. Outros 1.015 casos são tratados como suspeitos, e 4.661 testes apresentaram resultado negativo para infecção pelo novo Coronavirus.