sexta-feira, 24 de outubro de 2014

Aécio defende apuração sobre denúncia de que Lula e Dilma sabiam de desvios

20140804020107_cv_aecios_gdeO candidato do PSDB à Presidência da República, Aécio Neves, defendeu hoje (24) a apuração das denúncias sobre o esquema de corrupção na Petrobras publicadas nessa quinta-feira (23), na edição online da revista Veja. Segundo a reportagem, em depoimento à Polícia Federal (PF) como parte do processo de delação premiada, o doleiro Alberto Youssef teria dito que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e a presidenta Dilma Rousseff tinham conhecimento das irregularidades investigadas pela PF na Operação Lava Jato.
Youssef foi preso na operação, que descobriu esquema de lavagem de dinheiro e desvio de recursos públicos que pode ter movimentado cerca de R$ 10 bilhões. O doleiro é acusado de lavagem de dinheiro e de receber propina de empreiteiras que têm contratos com a Petrobras e de repassá-la a partidos políticos. Ele aceitou firmar, com o Ministério Público Federal (MPF), acordo de delação premiada em troca de redução da pena, no caso de ser condenado.
“É algo extremamente grave. Nós já havíamos denunciado há muito tempo esses supostos desvios na Petrobras e agora tudo isso culmina com essa informação prestada pelo senhor Youssef. Eu determinei que hoje o PSDB ingressasse na Procuradoria-Geral da República, solicitando que essas investigações sejam aprofundadas em razão de sua gravidade”, disse Aécio Neves, em pronunciamento no hotel onde gravava o programa eleitoral. “Se comprovado isso, é a confirmação de que houve operação de caixa 2 na atual campanha presidencial do PT. É algo extremamente grave, que precisa ser confirmado, mas também apurado”, completou o candidato.

Candidatos ao governo do RN encerram campanha com carreatas e caminhadas


henrique-x-robinson
A dois dias do segundo turno, os candidatos ao governo do Rio Grande do Norte estão com agenda cheia hoje (24), com carreatas e caminhadas em Natal e municípios vizinhos, entre eles Macaíba. Para garantir a eleição, Henrique Alves (PMDB) e Robinson Faria (PSD) buscam votos de pelo menos 609 mil eleitores que, no primeiro turno, votaram em branco, nulo ou em um dos outros três candidatos.
Henrique Alves venceu o primeiro turno, com 702,2 mil votos (47,3% dos votos válidos), enquanto Robinson Faria conquistou 623,6 mil votos (42%), uma diferença de apenas 78,6 mil votos. Dados do Tribunal Regional Eleitoral do Rio Grande do Norte indicam que 391,5 mil eleitores não votaram no primeiro turno. Conforme a legislação eleitoral, eles estão aptos a votar no segundo turno.
Apesar das carreatas e caminhadas dos candidatos, há pouca movimentação de eleitores e cabos eleitorais em Natal. Quase não se percebe o clima de disputa eleitoral no centro da capital, município de São Gonçalo do Amarante e bairros do Alecrim e de Ponta Negra. No domingo (26), 2,3 milhões de eleitores votarão em 6.961 seções eleitorais, distribuídas por 167 municípios. Os dois candidatos são formados em direito e têm longa experiência política.
Potiguar, de 55 anos, Robinson Faria foi deputado estadual por seis mandatos. Elegeu-se vice-governador em 2010, rompendo com a administração oito meses após a posse. Presidente da Câmara dos Deputados, Henrique Alves, carioca, 65 anos, cumpre seu 11º mandato consecutivo como deputado federal.
O eleito substituirá a governadora Rosalba Ciarlini, que ocupa o cargo desde 2010. O Rio Grande do Norte tem 3,4 milhões de habitantes. Como o estado não participa do horário de verão, a eleição começará às 9h, no horário de Brasília (8h no horário local). Os resultados de governador começam a ser divulgados às 17h30.

Henrique reage a Lula: “pediu voto para um sujeito que ele nunca viu na vida”


Nesta quinta-feira (23) após um evento de campanha na cidade de São Gonçalo do Amarante o candidato do PMDB ao governo, Henrique Alves, criticou o ex-presidente Lula e externou mágoa com o PT e a presidente Dilma.
Henrique Eduardo Alves queixa-se do ex-presidente ter gravado um depoimento em apoio ao seu adversário Robinson Faria (PSD). “Olhem como a política também tem suas injustiças”, afirmou Alves, na noite da última quarta (22), em comício na cidade. “Eu vejo agora, para minha tristeza, o presidente Lula na televisão pedindo votos a governador para um sujeito que ele nunca viu na vida dele”, completou.

Debate da Globo vai ter perguntas de eleitores indecisos aos candidatos


Dilma Rousseff e Aécio Neves, em seus discursos após a apuração confirmar a disputa entre os dois no segundo turno das eleições (Foto: Evaristo Sá/AFP; Eugenio Savio/AP)
O debate da TV Globo entre os presidenciáveis Dilma Rousseff (PT) e Aécio Neves (PSDB), na próxima sexta-feira (24), vai contar com perguntas de eleitores indecisos, que estarão na plateia. Esse será o quarto e último debate na televisão antes da votação do segundo turno, marcada para o domingo (26). O programa vai ao ar após a novela Império e tem duração prevista de 1h50. Os indecisos que vão participar do debate serão selecionados em todos os estados do país pelo instituto de pesquisa Ibope. Cada eleitor indeciso vai elaborar previamente perguntas com temas de interesse nacional. As oito perguntas mais bem formuladas serão selecionadas pela produção do programa para serem feitas aos candidatos.
Dilma e Aécio vão debater ideias e responder as perguntas em um cenário em forma de arena, que facilitará a movimentação dos candidatos durante suas falas. Os eleitores indecisos estarão sentados em volta do espaço ocupado pelos presidenciáveis. O debate será dividido em quatro blocos. As participações dos indecisos estão previstas para o segundo e o quarto blocos. No primeiro bloco e no terceiro, os candidatos vão fazer perguntas um para o outro, com tema livre. Nos últimos minutos, Dilma e Aécio poderão fazer considerações finais, com os temas que escolherem abordar.

Henrique Alves culpa Lula por queda: "Pede voto para Robinson, um sujeito que ele nunca viu"

Henrique Alves culpa Lula por queda: "Pede voto para
Robinson, um sujeito que ele nunca viu"
HENRIQUE-DEBATE-1024x625
Matéria da Folha de SP destaca discurso de candidato do PMDB se queixando de ex-presidente. Para PT, Henrique que fez "essas escolhas"
Um dos momentos chaves do debate eleitoral desta quinta-feira foi quando Robinson Faria (PSD) perguntou a Henrique Eduardo Alves (PMDB) quem era o candidato que o peemedebista apoiava para a presidência da República: Dilma Rousseff (PT) ou Aécio Neves (PSDB). O questionamento, que ficou sem resposta, expôs a difícil situação em que Henrique vive hoje, que vive uma relação de amor e ódio constante: amor ao defender o partido que acolhe Michel Temer (PMDB) como candidato a vice presidente e ódio por ver a sigla apoiar Robinson Faria – e conseguir votos para ele – no Rio Grande do Norte.
E neste momento de segundo turno, inclusive, parece que essa relação dúbia ficou ainda mais forte. Afinal, o mesmo Henrique que coloca o vice-presidente Michel Temer para elogiá-lo durante o programa eleitoral, critica o ex-presidente Lula por estar no programa eleitoral do adversário pedindo voto para Robinson. A situação é tão conflituosa que chegou até a ser noticiada no jornal Folha de São Paulo, baseado em um discurso queixoso que Henrique fez sobre Lula na cidade de São Gonçalo do Amarante, Grande Natal.
"Eu vejo agora, para minha tristeza, o presidente Lula na televisão pedindo votos a governador para um sujeito que ele nunca viu na vida dele", afirmou Henrique em trecho do discurso destacado na matéria da Folha, destacado pelo jornalista Daniel Carvalho. "Eu acho que ele só viu o candidato Robinson naquele dia em que, a pedido do PT, ele foi fazer a gravação. Se amanhã passarem numa calçada Lula e ele, eu acho que Lula nem vai mais se lembrar da cara dele", ironizou Henrique em outro trecho do discurso.
Segundo a Folha, Henrique Eduardo Alves, que é o presidente da Câmara Federal, em Brasília, tem culpado Lula de forma rotineira. "De favorito a azarão nas eleições ao Governo do RN, o presidente da Câmara, deputado Henrique Eduardo Alves (PMDB), já escolheu um culpado para seu eventual fracasso nas urnas: o ex-presidente Lula", escreveu o jornalista nas primeiras linhas da matéria, intitulada "Candidato ao governo do rn, presidente da Câmara se queixa de Lula".
Fonte: Jornal de Hoje

Robinson tira do ar propaganda que critica Rosalba

Rosalba-com-Betinho-4

O candidato do PSD, Robinson Faria, retirou do ar na Justiça trechos do programa eleitoral que criticavam o governo da sua principal aliada, a governadora Rosalba Ciarlini. As peças tratavam da crise vivida pelo Estado do Rio Grande do Norte na prestação de serviços básicos para a população nos últimos anos.
O RN vem atrasando o pagamento dos seus funcionários públicos, caiu para a penúltima colocação no ranking do Ideb, que mede o desenvolvimento do ensino fundamental e médio no país e não consegue atender a contento nos hospitais e serviços de saúde. Todos esses dados estavam presentes na propaganda eleitoral retirada do ar pelo candidato do PSD, que não admite críticas ao seu governo e de Rosalba Ciarlini.
A governadora tem dado apoio extraoficial à campanha o seu vice, Robinson Faria, fato de conhecimento público e repercutido em toda a imprensa potiguar. O candidato a deputado federal de Rosalba, Betinho Rosado Segundo, filho do seu cunhado Betinha Rosado, foi eleito dentro da coligação de Robinson Faria. Além disso, secretários e gestores próximos à governadora vem fazendo campanha para Robinson.
Da Assessoria de Comunicação de Henrique Alves

ASSÚ: INSURREIÇÃO DE ZECA ABREU NÃO ABALOU A ESTRUTURA DO PMDB LOCAL

foto_(3)
O ato nefasto de Zeca Abreu de abandonar o partido que sempre lhe deu guarida, só vai lhe render repúdio por parte do cidadão que ora observa como estão sendo conduzidas as decisões políticas de Assú.
Acossados por um santo do pau oco, que se fez Deus da noite pro dia, medíocres criaturas, caem no conto do vigário desse dissimulado líder e tomam decisões que marcarão as suas biografias para sempre.
É sabido que o leviano quer sempre companhia para justificar os atos covardes que cometem, estimulando que os pobres de espíritos partilhem consigo o degradante ato de trair.
A postura do PMDB de Assú, em, imediatamente repudiar o ato unilateral de um filiado que mais recebeu benesses da legenda, só engrandeceu os líderes que agora conduzem o partido com o vigor de sempre, mas, sabedores que a separação do joio do trigo poderá fortalecer ainda mais a agremiação que mais unida do que nunca, irá as urnas neste domingo votar no seu líder maior Henrique Eduardo Alves, para o governo do estado.
José Regis de Souza
REGIStrando

Vamos emitir o nosso ponto de vista.



Neste domingo, o Assú e o estado vai as urnas, vamos começar pela nossa cidade. O prefeito sem humildade, se acha dono dos votos da terra da poesia, e garante dá 15.000 votos de maioria, á Robinson Faria. No primeiro turno ele chegou a desqualificar o vice de Rosalba. Agora ele ataca ferozmente o futuro governador Henrique Alves. Aliás, o palanque de Robinson em Assú, é uma verdadeira baixaria. É agressões pra todo lado. Eles não respeitam os adversários, meus amigos assuenses, vocês são livres, vão as urnas, diga não á baixaria, diga não as piquinhas, diga não as traições, diga não a esse prefeito prepotente e arrogante e mentiroso, ingrato! Diga SIM ao melhor para o Assú e o RN. Votem Henrique governador 15.

Domingo é hora de derrotar esse maldito PT.

Ichiro Guerra Dilma 13 e Marcos Fernandes CMB - Dilma Rousseff e Aecio Neves copy

Não deixe as pesquisas votarem por você! Votem Aécio, mostrando respeito por você mesmo, respeito pela família brasileira. Esse PT é o partido do mensalão, seus principais lideres estão presos na papuda, esse governo petista é acusado de corrupção. Você vai querer da continuidade a esse desastre administrativo? ou você vai querer o Brasil real e justo? Não deixe de ir as urnas nesse domingo! Votem certo, votem Aécio Neves para presidente!  Vamos dizer adeus a Dilma, e que ela leve o PT junto a ela, e vamos viver um novo tempo com Aécio presidente!

Não acredito que Zeca Abreu vota nesse candidato.

Zeca e Robinson

O ex vice-prefeito do Assú, Zeca Abreu, ao lado de Robinson Faria, é muito estranho. Se eu não conhecesse, não acreditaria. Pois, Zeca é irmão do meu eterno líder saudoso deputado Arnóbio Abreu. Arnóbio, um autêntico bacurau, que morreu honrando a bandeira do Aluizismo. Homem sério, ele disse muitas vezes, "sou um operário do PMDB" Arnóbio morreu sendo líder do governo Garibalde, na Assembléia Legislativa, isso pode ser mais uma traição. E o próprio Zeca? Conseguiu ser o presidente da Funasa graças a força do Henrique Alves. O nosso candidato Henrique tem sido vítima de traição.


HENRIQUE REÚNE DEPUTADOS ELEITOS E REELEITOS PARA TRATAR DO DIA DA ELEIÇÃO

IMG_8477
O candidato Henrique Alves (PMDB) reuniu há pouco os deputados estaduais e federais eleitos e reeleitos para tratar do domingo de votação em Natal e no interior.
Aos aliados o candidato se mostrou confiante.
Postado por Thaisa Galvão

O ex-presidente Lula é um cara de pau. Mesmo!


lula estatua— A elite brasileira não queria que pobre estudasse. Lugar de pobre não é ser pedreiro, é ser engenheiro. Isso que incomoda essa gente. O que eles não gostam é que nós aprendemos a andar de cabeça erguida”.
Trecho do discurso de Lula ontem para pouco depois:
Ocupar uma suíte presidencial do Copacabana Palace, um quarto de 300 metros quadrados, que custa R$ 7 mil por dia.
É muita cara de pau!

SEGUNDO TURNO: GEORGE SOARES LEVA O NOME DE HENRIQUE À VÁRZEA DO ASSÚ

image (71)
Dando sequência ao planejamento elaborado para atingir todos os bairros e localidades da cidade do Assú, o deputado estadual George Soares (PR) e o vice-prefeito Eurimar Nóbrega (PMDB) continuam levando o pedido do voto ao governável do PMDB, Henrique Alves no município, diante do segundo turno destas eleições.
Ontem, depois de concluírem os bairros centrais da cidade durante a semana, eles percorreram a Várzea do Assú, zona rural do município, passando pelo Poré, Fazenda Nova, Panon 1 e 2, Nova Esperança e encerrando com grande comício na comunidade de Linda Flor com diversas lideranças e a chama da participação popular.
“Andamos mais uma vez em todos os lugares da nossa querida Assú, da Várzea ao Centro, de ponta a ponta, levando a bandeira de Henrique Alves e João Maia neste segundo turno. Tenho certeza que nosso povo captou a mensagem que não podemos tirar o RN do buraco que se encontra com outro nome, além do de Henrique e dia 26 Assú e o RN vão votar no 15 e comemorar essa vitória merecida.” Frisou o deputado George.

'Esse rapaz é um doente', diz Abelardo se referindo ao ex-prefeito Keffas Emmanuel |

Alto do Rodrigues - Em seu pronunciamento na noite desta quinta-feira (23), encerrando a série de comícios que promoveu juntamente com o seu grupo político em todo o município, em apoio a candidatura de Henrique Eduardo Alves [15] ao governo do Estado, o prefeito Abelardo Rodrigues falou sobre os riscos que população correu com o descumprimento "perturbado" da ordem judicial pelo grupo de seu adversário político e sobre o comportamento do ex-prefeito Eider Medeiros, derrotado nas eleições de 2012 e no primeiro turno dessas eleições.



Assista ao pronunciamento:


Category:

A “Rosa” vai à luta por seus candidatos

O rosalbismo está inquieto nesta sexta-feira (24 )em Mossoró.
Aguarda instruções da governadora Rosalba Ciarlini (DEM) para o final desta manhã, ou tarde.
Segundo informações correntes e sussurradas, a “Rosa” passará os próximos dias – até às eleições – de domingo (26) em plena atividade política em sua terra natal.
Vai à luta por seus candidatos.
Categoria(s): Política